📅 Atenção! Devido ao estado de calamidade pública, os prazos nos procedimentos do MPT-RS que vencerem neste período ficam prorrogados até 6/6, com exceção dos casos urgentes, relativos à calamidade pública, e os declarados pelo(a) membro(a) oficiante. Ademais, faculta-se ao(à) membro(a) oficiante a realização de audiências na modalidade telepresencial.


☎️ O atendimento ao público segue pelos canais online e, no horário de expediente, pelos seguintes telefones:

PRT Porto Alegre (51) 3252-1500
PTM Caxias do Sul (54) 3201-6000
PTM Novo Hamburgo (51) 3553-7250
PTM Passo Fundo (54) 3316-4300
PTM Pelotas (53) 3310-7700
PTM Santa Cruz do Sul (51) 3740-2550
PTM Santa Maria (55) 3174-1200
PTM Santo Ângelo (55) 3931-3300
PTM Uruguaiana (55) 3414-4800

⚠️ Recomendação nº 1/2024: emissão gratuita de atestados de exposição a enchentes
⚠️ Recomendação nº 2/2024: adoção de medidas trabalhistas alternativas e diálogo social
⚠️ Recomendação nº 3/2024: adoção de medidas de saúde e segurança do Trabalho em atividades de retomada

MPT destina R$ 317 mil para projeto da OIT

Valor decorre de multa por descumprimento de TAC firmado pelo Sicredi por prorrogação da jornada de trabalho além do limite legal de 2 horas diárias; recurso será usado na realização de oficinas culturais em preparação à aprendizagem para jovens em acolhimento institucional e em cumprimento de medida socioeducativa; três instituições de Viamão também serão beneficiadas, no mesmo procedimento, com R$ 250 mil

     O Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul (MPT-RS) destinou R$ 317.363,65 para programa de cumprimento dos direitos do trabalho no Brasil. O projeto Guarda-Chuva, parceria entre o MPT e a Organização Internacional do Trabalho (OIT), que abraça subprojetos e ações regionais, prevê identificação de grupos vulneráveis e mapeamento de políticas locais, além do fortalecimento de programas de qualificação profissional e alternativas dignas de trabalho.

     A atuação conjunta está prevista com órgãos governamentais, como Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Fundação Nacional do Índio (Funai), Ministério da Educação (MEC) e Ministério do Trabalho (MT). Também são abrangidos instituições de assistência social, como Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (Cerest), por exemplo.

     Nomeada "Promoção e Cumprimento dos Princípios e Direitos Fundamentais do Trabalho no Brasil", a iniciativa contempla áreas de atuação prioritárias estabelecidas pelo termo de cooperação entre as instituições: o combate ao trabalho infantil e ao trabalho escravo e a segurança e saúde no trabalho. O valor decorre de multa por descumprimento de termo de ajuste de conduta (TAC) firmado pelo Banco Cooperativo Sicredi S.A., por prorrogação da jornada de trabalho além do limite legal de 2 horas diárias.

Entenda mais

     O MPT tem uma rubrica na OIT para encaminhamento de verbas para desenvolvimento de aprendizagem para jovens em vulnerabilidade, especialmente jovens em acolhimento institucional e em cumprimento de medida socioeducativa. Atualmente, em Porto Alegre, há uma turma de 70 jovens do acolhimento institucional fazendo aprendizagem graças ao projeto. A iniciativa consiste em fomentar a taxa administrativa das entidades formadoras de aprendizagem (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - Senai, Comercial - Senac, Rural - Senar, do Transporte - Senat, e do Cooperativismo - Sescoop), por meio de verba de TAC ou de ação civil pública (ACP), dada a dificuldade de as empresas concordarem em pagar tal taxa, uma vez que já contribuem para o Sistema S.

     Além do fomento da taxa de administração, os recursos reunidos nesse projeto são revertidos para a realização de oficinas do Versos de Liberdade, em parceira com a Casa Poema e com a OIT, que é uma espécie de preparação à aprendizagem, para potencializar nos jovens a apropriação da palavra e, com isso, terem maiores chances de assimilação do conteúdo e, no futuro, no mundo do trabalho (a começar pelas entrevistas de emprego). Trata-se de oficina de poesia, cuja ideia foi concebida pela atriz e poetisa Elisa Lucinda.

Viamão

     O valor total da multa ao Sicredi é de R$ 568 mil. Assim, no mesmo procedimento, também foram destinados R$ 250.636,05 a três projetos de duas instituições do Município de Viamão. Elas foram indicadas ao MPT pela 2ª Promotoria de Justiça Especializada da Comarca de Viamão, mediante acordo de cooperação firmado com o Ministério Público Estadual (MP/RS). Foram contemplados o "Guiar a Esperança" (R$ 67.636,05) e o "Um Lugar Feliz" (R$ 133 mil) do Instituto Pobres Servos da Divina Providência (Abrigo João Paulo II) e o "Resgatando a Cidadania" (R$ 50 mil) da Ação Social Aliança do Rio Grande do Sul (ASA/RS).

     O valor revertido ao projeto "Guiar a Esperança" é para aquisição de um automóvel para transporte dos abrigados. O objetivo é promover com maior agilidade e quantidade dos atendimentos de saúde, acesso à educação, atividades de lazer, cultura, esporte e convívio sócio comunitário de crianças e adolescentes em medida protetiva, por meio de um veiculo automotivo.

Clique abaixo para acessar ao projeto.
1ª parte
2ª parte
3ª parte

     O recurso destinado ao projeto "Um Lugar Feliz" é para manutenção e restauração da estrutura física do Abrigo João Paulo II, que desenvolve o programa de acolhimento institucional no Cisne Branco, acolhendo 30 crianças e adolescentes. O Cisne Branco localiza-se na RS 118, 2.591.

Clique aqui para acessar ao projeto.

     A soma encaminhada ao projeto "Resgatando a Cidadania" é para aquisição de veículo com maior capacidade de transporte. A ASA/RS tem 24 protegidos.

Clique aqui para acessar ao projeto.

Texto: Flávio Wornicov Portela (reg. prof. MT/RS 6132)
Fixo Oi (51) 3284-3097 | Móvel Claro (51) 99977-4286 com WhatsApp
prt04.ascom@mpt.mp.br | www.facebook.com/mptnors | https://twitter.com/mpt_rs

Tags: Março

Imprimir