📅 Atenção! Devido ao estado de calamidade pública, os prazos nos procedimentos do MPT-RS que vencerem neste período ficam prorrogados até 6/6, com exceção dos casos urgentes, relativos à calamidade pública, e os declarados pelo(a) membro(a) oficiante. Ademais, faculta-se ao(à) membro(a) oficiante a realização de audiências na modalidade telepresencial.


☎️ O atendimento ao público segue pelos canais online e, no horário de expediente, pelos seguintes telefones:

PRT Porto Alegre (51) 3252-1500
PTM Caxias do Sul (54) 3201-6000
PTM Novo Hamburgo (51) 3553-7250
PTM Passo Fundo (54) 3316-4300
PTM Pelotas (53) 3310-7700
PTM Santa Cruz do Sul (51) 3740-2550
PTM Santa Maria (55) 3174-1200
PTM Santo Ângelo (55) 3931-3300
PTM Uruguaiana (55) 3414-4800

⚠️ Recomendação nº 1/2024: emissão gratuita de atestados de exposição a enchentes
⚠️ Recomendação nº 2/2024: adoção de medidas trabalhistas alternativas e diálogo social
⚠️ Recomendação nº 3/2024: adoção de medidas de saúde e segurança do Trabalho em atividades de retomada

Profissionais no Rio Grande do Sul conquistam três categorias na fase regional do Prêmio MPT de Jornalismo

Do Interior, o Diário Popular, de Pelotas (jornal impresso), e a Unijuí, de Ijuí (radiojornalismo) e, da Capital, a Zero Hora (webjornalismo), venceram concorrentes de Santa Catarina e do Paraná e são finalistas na fase nacional, que anunciará ganhadores no dia 14 de agosto em Brasília

     Três reportagens de profissionais que atuam em veículos de comunicação gaúchos venceram a fase regional (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná) do Prêmio MPT de Jornalismo 2015. Duas matérias são do Interior: “Inimigos invisíveis”, de Diego Queijo, conquistou na categoria jornal impresso (Diário Popular, de Pelotas), e "Silêncio dos trabalhadores do campo”, de Carine da Pieve, ganhou em radiojornalismo (Unijuí, de Ijuí). Na Capital, “Os novos imigrantes”, de Carlos Roslling e Humberto Trezzi, levou em webjornalismo (portal Zero Hora). Os catarinenses ganharam na categoria revista impressa ("Esforço necessário", de João Guedes, Revista Proteção). Os paranaenses venceram em fotojornalismo ("Assembleia tomada e confronto levam à retirada de Pacotaço", de Brunno Covello, Gazeta do Povo) e radiojornalismo ("Vida envenenada, de Helen Anacleto, Band News) - dividindo a premiação com a rádio Unijuí.

     A região Sul não premiou as categorias telejornalismo, nem repórter cinematográfico e nem universitário. As demais quatro regiões premiaram mais 25 trabalhos dos 32 possíveis (oito por região). Todos são finalistas da fase nacional e estão convidados para a cerimônia de entrega das premiações, em Brasília, no dia 14 de agosto, quando serão anunciados os vencedores. Os trabalhos selecionados foram avaliados por júris compostos por jornalistas convidados e integrantes do MPT em cinco etapas regionais. Também serão contemplados prêmios especiais para Fraudes Trabalhistas e MPT de Jornalismo. Ao todo, o prêmio distribui quase R$ 400 mil. O valor resulta de acordo judicial na ação civil pública (ACP) 0001040-74.2012.5.06.0011, da 11ª Vara do Trabalho do Recife (PE). Esta segunda edição da premiação contou com cerca de 250 inscrições.

Gaúchos

     Dividida em dois capítulos, a reportagem investigativa, do jornal Diário Popular, de Pelotas, “Inimigos Invisíveis” traz à tona a situação sobre a atividade carbonífera no município de Candiota. Na primeira parte, o texto foi escrito com base em estudo de pesquisadora da UFRGS com funcionários da Companhia Riograndense de Mineração (CRM) e da Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE). Os resultados apontaram efeito genotóxico e mutagênico do carvão em todos os pesquisados. A ação motivou abertura de investigação conjunta do Ministério Público do Trabalho (MPT) e do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Já o segundo aborda a falta de dados sobre a doença e as dúvidas sobre a saúde na comunidade. O Diário Popular revela a dificuldade de relacionar problemas respiratórios dos mineiros devido à ausência de notificação aos órgãos de prevenção e de vigilância.

Clique aqui para acessar a reportagem “Inimigos Invisíveis”.

   Reportagem especial, preparada para o Dia do Trabalho, “O silêncio dos trabalhadores do campo: o envenenamento velado pelo uso de agrotóxicos e a ausência de amparo legal devido ao medo de denunciar”, da rádio Unijuí, de Ijuí, fala sobre a realidade da região Noroeste do Estado quanto ao uso de agrotóxicos pelos trabalhadores do campo. O trabalho aborda como o  MPT enxerga o agricultor que comete o crime de aplicação, utilização e manuseio de agrotóxicos. Fala, ainda, sobre o medo dos trabalhadores de serem enquadrados na prática criminal, a impossibilidade de processar o fabricante destes produtos químicos, as denúncias e as notificações de intoxicações na região.

Clique aqui para acessar a reportagem “Silêncio dos trabalhadores do campo”.

       Em “Os novos imigrantes”, do jornal Zero Hora, o foco é o novo rosto da migração no país. Em 2010 foram cerca de mil migrantes caribenhos e africanos que pediram refúgio no Brasil. Em 2014, só no primeiro semestre, quase 18 mil. É o mais completo mapeamento feito por jornalistas no sul do país sobre o enraizamento dos novos migrantes caribenhos e africanos. Em um mês de apuração, as jornalistas viajaram para oito municípios que concentram novos migrantes. Os sonhos dos imigrantes, suas motivações, as agruras que passam na viagem até o Brasil são abordadas. Além disso,  a reportagem denunciou os coiotes (intermediários) que promovem tráfico humano em grande escala.​

Clique aqui para acessar a reportagem “Os novos imigrantes”.

Demais finalistas

- Abusos no Telemarketing – Francisco Regueira – Fantástico
- Acelere, motô: os exploradores do volante – Jade Abreu/Júlia Campos – Agência de Notícias Uniceub
- A libertação do escravo contemporâneo – Emerson Quaresma – Em Tempo
- Assédio imoral: uma jornada de humilhação – Thiago Correia – TV Record/TV Pajuçara
- Cana amarga – Maurício Gonçalves – Gazeta de Alagoas
- Homofobia: discriminação profissional – Nayana Siebra – Diário do Nordeste
- Brasil: do paraíso à escravidão – Lucas Scherer/Ivan Brandão – Band News
- Bravos – Jean Lopes – Coletivo Independente e Repórter de Rua
- Caminhos da Reportagem: o ouro branco de Araripina – Ana Graziela / Rogério Verçoza
- É Justo? – Claudinei Plaza – Diário do Grande ABC
- Entre o feminino e o masculino – Tainá Jara – Top Mídia News
- Epidemia silenciosa – Ana Paula Pedrosa/Queila Ariadne – O Tempo
- Escravos da bola – Breiller Pires – Revista Placar
- SST Jogadas no lixo – Roberta Meyce – Revista Caleidoscópio
- Más condições de trabalho dos terceirizados das plataformas da Petrobras – John Gomes – Rádio Espírito Santo
- MPT investiga anúncio publicado em jornal – Robério Vieira – TV Liberal
- O precariado em ascensão – Rodrigo Martins – Carta Capital
- O trabalhador na berlinda – Carlos Moraes – Rádio Jornal
- Os horizontes do lixão – Cezar Magalhães/Hélio Granado – Diário Online
- Os horrores da segunda escravidão – Renato Alves – Correio Braziliense
- Os trabalhadores e a crise na Petrobras – Monica Pinheiro – Profissão Repórter
- Quebrando coco – Arlinda Monteiro/Caroline Oliveira – Cidade Verde
- Segunda escravidão – Marcelo Ferreira – Correio Braziliense
- Silenciados – A violência contra o jornalista no Brasil – Bianca Amorim /Janahina Rodrigues e outros – Anhembi-Morumbi
- Tabaco: um outro lado negro – Flávia Milhorance – O Globo
- Terceirização: trabalho desumano e abandono – Beatriz Seixas/Mikaella Campos/Viviane Carneiro – A Gazeta
- Trabalho infantil: pais que exploram – Gecilene Sales – Rádio Rio Mar

Leia mais:
15/7/2015 - Prêmio MPT de Jornalismo 2015 divulga finalistas
4/2/2015 - Abertas inscrições para Prêmio MPT de Jornalismo 2015
12/12/2014 - Jornalista gaúcho conquista fase nacional do 1º Prêmio MPT de Jornalismo
13/11/2014 - Dois jornalistas gaúchos conquistam fase regional Sul do 1º Prêmio MPT de Jornalismo

Texto: Franciele Costa dos Santos (estagiária de Jornalismo) com informações de Assessoria de Comunicação da Procuradoria Geral do Trabalho (PGT)
Supervisão: Flávio Wornicov Portela (reg. prof. MTE/RS 6132)
Fixo Oi (51) 3284-3066 | Móvel Claro com WhatsApp (51) 9977-4286 
prt4.ascom@mpt.mp.br | www.facebook.com/MPTnoRS | https://twitter.com/mpt_rs

Tags: Julho

Imprimir