📅 Atenção! Devido ao estado de calamidade pública, os prazos nos procedimentos do MPT-RS que vencerem neste período ficam prorrogados até 6/6, com exceção dos casos urgentes, relativos à calamidade pública, e os declarados pelo(a) membro(a) oficiante. Ademais, faculta-se ao(à) membro(a) oficiante a realização de audiências na modalidade telepresencial.


☎️ O atendimento ao público segue pelos canais online e, no horário de expediente, pelos seguintes telefones:

PRT Porto Alegre (51) 3252-1500
PTM Caxias do Sul (54) 3201-6000
PTM Novo Hamburgo (51) 3553-7250
PTM Passo Fundo (54) 3316-4300
PTM Pelotas (53) 3310-7700
PTM Santa Cruz do Sul (51) 3740-2550
PTM Santa Maria (55) 3174-1200
PTM Santo Ângelo (55) 3931-3300
PTM Uruguaiana (55) 3414-4800

⚠️ Recomendação nº 1/2024: emissão gratuita de atestados de exposição a enchentes
⚠️ Recomendação nº 2/2024: adoção de medidas trabalhistas alternativas e diálogo social
⚠️ Recomendação nº 3/2024: adoção de medidas de saúde e segurança do Trabalho em atividades de retomada

MPT em Uruguaiana destina recursos para reforma de centro equoterápico

Valor é originário de multa por descumprimento de TAC; Santa Casa do Município também foi beneficiada com doação de aparelhos de diagnóstico

     O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Uruguaiana destinou R$ 15.420 para a reforma do picadeiro coberto do Centro de Equoterapia de Uruguaiana General Fidelis. O espaço, de 556 m², teve reforma geral e pintura. O projeto foi um dos inscritos a partir de novembro de 2014, quando o MPT abriu cadastro público para destinação de bens, serviços e valores decorrentes de indenizações por dano moral coletivo e de inadimplemento de obrigações em procedimentos e ações judiciais conduzidos pelo MPT. O centro, localizado no Círculo Militar da cidade, atende pessoas portadoras de necessidades especiais (PPNE). A destinação foi acordada pela procuradora do Trabalho Fernanda Arruda Dutra.

Imagens do espaço, após reforma geral e pintura
Imagens do espaço, após reforma geral e pintura

     Decorrente da mesma multa, o valor de R$ 7.468 foi destinado à compra de aparelhos da Santa Casa de Caridade do Município. Foram adquiridos detectores cardíacos fetais portáteis e outros aparelhos para os setores de Pediatria, Internação Clínica, Internação Cirúrgica, unidade de terapia intensiva (UTI) adulta e Bloco Cirúrgico. A multa foi paga por fazenda localizada em Uruguaiana, que descumpriu termo de ajuste de conduta (TAC) firmado com o MPT. Entre os compromissos do TAC estão o respeito a prazos de pagamento de pessoal, uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) e outros dispositivos de proteção ao trabalhador no meio ambiente de trabalho. O TAC segue sob acompanhamento e pode gerar cobrança de novas multas.

Fotos: Divulgação Centro de Equoterapia de Uruguaiana General Fidelis 
Texto: Luis Nakajo (analista de Comunicação)
Fixo Oi (51) 3284-3092 | Móvel Claro (51) 9124-3415
Supervisão: Flávio Wornicov Portela (reg. prof. MTE/RS 6132)
Fixo Oi (51) 3284-3066 | Móvel Claro com WhatsApp (51) 9977-4286
prt4.ascom@mpt.mp.br| facebook.com/MPTnoRS | twitter.com/mpt_rs

Tags: Julho

Imprimir